Blog

Balão gástrico ajuda a emagrecer?

O balão intragástrico, popularmente conhecido também como balão gástrico, é uma opção segura e efetiva no auxílio à perda de peso. O balão intragástrico é constituído de silicone e tem modelos que podem ser deixados dentro do estômago do paciente pelo período de 6 meses ou 12 meses.

Os procedimentos de colocação e retirada do balão intragástrico podem ser realizados, na grande maioria dos casos, em caráter ambulatorial (na estrutura da clínica), sem necessidade de internação hospitalar.

O paciente habitualmente tem condições de receber alta em torno de uma hora após o procedimento. Tanto na colocação, quanto na retirada do balão intragástrico.

A avaliação do paciente, antes da colocação do balão intragástrico, é fundamental. Assim, todas as particularidades podem ser identificadas pela equipe e o procedimento pode ser planejado e realizado com as devidas precauções de segurança, bem como todo procedimento médico exige.

O balão intragástrico é posicionado no interior do estômago sob visão direta e com auxílio de endoscopia digestiva. Após seu adequado posicionamento, o balão intragástrico é preenchido com uma solução de soro fisiológico e azul de metileno, em volumes que variam de acordo com as características individuais de cada paciente: habitualmente entre 500 a 700 ml.

Por que escolher o balão intragástrico?

A presença do balão intragástrico no interior do estômago proporciona sensação de saciedade precoce, o que faz com que a pessoa tende a ingerir menor quantidade de alimentos (calorias), sentindo-se saciada. A aderência do paciente às mudanças no estilo de vida, incluindo atividades físicas e dietas equilibradas, assim como o acompanhamento com equipe multidisciplinar (psicólogo, nutricionista e educador físico), são importantes para otimizar a perda de peso, bem como para que esta perda possa ser mantida após a retirada do dispositivo.

O esperado é que a pessoa perca em torno de 30% do excesso de peso, podendo ser maior de acordo com a aderência do paciente ao tratamento, com adoção de dietas saudáveis e realização de atividades físicas. Considera-se como satisfatória a perda maior que 10% do peso inicial ou maior que 25% do excesso de peso.

O CEDEPI conta com equipe capacitada para realização deste procedimento, agende sua consulta!

Conteúdo escrito por:

Dr. Gustavo Antonio Pereira da Silva

CRM-PR: 27.125
Cirurgião Geral (RQE : 2.942)

Agende sua Consulta

Nossa clínica está preparada para atender você.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Share this post


plugins premium WordPress

Olá! Preencha os campos abaixo para iniciar a conversa no WhatsApp!

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.